Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Eragon, de Christopher Paolini.

Sei que Eragon não é um livro exatamente novo, mas quando o filme passou na Sessão da Tarde, me interessei pela história e fui correndo comprar o livro. Depois de duas semanas lendo, finalmente terminei e consegui tirar minhas conclusões, mas não sei se foram positivas ou negativas.
Eragon é um jovem camponês de 16 anos que encontra um ovo de dragão em uma de suas fracassadas caçadas. Quando o ovo eclode dá origem à Saphira, um dragão fêmea que o escolhe para ser seu Cavaleiro. Assim, Eragon é forçado a deixar para trás sua tranquila vida de camponês e fugir enquanto o Rei Galbatorix e suas forças malignas começam a persegui-lo. Ajudado por Brom, um contador de historias que esconde muitos segredos, ele aprende a lutar e a usar magia e assim salvar Alagaesia (o país onde ele vive) das mãos do rei tirano.
Começando pelos elogios: o livro é muito bem construído e a criatividade do autor é impressionante, principalmente porque ele escreveu esse livro quando tinha apenas 15 anos. Além disso, é uma aventura épica completa. Tem dragões, lutas, reinos, elfos, anões, conflitos políticos, etc. Então se você é fã desse gênero, corre para a livraria!
Agora as criticas: é um livro extenso, maçante, sendo às vezes até chato. Não queria dizer isso, porque o livro como um todo é bem legal, mas há passagens totalmente desnecessárias, descrições enormes e senti falta de mais ação, porque os personagens passam o livro inteiro viajando e quando alguma coisa acontece ou tem alguma revelação você se pega dizendo “nossa, finalmente!”.  E a luta final dura três páginas no máximo, e quando acaba você fica pedindo por mais. O autor podia ter explorado um pouco mais esse lado da ação, fazendo com que o livro fosse bem melhor.
Porém, o final deixa uma brecha para a continuação, mas não sei se quero muito ler. Porque se for tão maçante e extenso quanto esse é, vai ficar difícil.
Honestamente, não queria ter feito tantas criticas negativas porque é sim um livro bom, mas o leitor precisa ter paciência e vontade de chegar até o fim. Infelizmente foi uma grande decepção para mim, mas se você gosta do gênero (eu não gosto muito), você tem que ler e tirar suas próprias conclusões.

ADAPTAÇÃO CINEMATOGRAFICA.
Em 2006 foi lançada uma adaptação do livro estralada por Edward Speelers no papel principal, Jeremy Irons, Sienna Guillory, Robert Carlyle, John Malkovich, entre outros, além de Rachel Weisz, que dá voz ao dragão Saphira. 
Distribuído pela 20th Century Fox, o filme enfrentou duras críticas, tanto da mídia especializada como do público, especialmente os fãs da série. Sua arrecadação total em nível mundial foi de US$249 milhões.
Veja o trailer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário