Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Gone - O Mundo Termina Aqui, de Michael Grant.

Gone – O mundo termina aqui é o típico livro que você vê a capa e sabe que vai gostar, e quando lê a sinopse, tem certeza que vai gostar. E você vai gostar. Acredite em mim.
E se todas as pessoas com mais de quinze anos simplesmente desaparecessem? Isso que acontece em Praia Perdida, uma cidadezinha litorânea da Califórnia. De um instante para o outro, os adultos se foram e as crianças encontram-se no puro caos. Há acidentes por toda parte, batidas de carro, fogões deixados acesos, bebês largados sozinhos...
Além disso, coisas estranhas estão acontecendo. Uma barreira transforma a cidade em uma bolha isolada do mundo, animais sofrem mutações perigosas, e as crianças começam a demonstrar determinadas capacidades extra-humanas, poderes.
Sabe aquele livro sem enrolações? Gone é assim. Nada de introdução aos personagens e suas monótonas vidas, explicações sem fim ou descrições detalhadas. O suspense começa nas primeiras linhas, e a cada pagina, você quer ler mais uma, e mais uma, e mais uma.
Mas o que faz você continuar a leitura, não é o ritmo bem acelerado que o autor adotou, mas sim os acontecimentos e ações dos personagens. Eles são crianças, e pensam como tal, mas tem que aprender a ser adultos, a se virar sem os pais, a cuidar dos mais novos, preparar a comida, etc. E o mais interessante, são os ideais de poder, de governo, de morte e subordinação que eles acabam construindo. Tanto que em certas cenas você se pergunta “meu deus, eles são crianças! Como podem dizer/fazer/pensar isso?”.
Além disso, trata também de assuntos mais delicados como o autismo. Um dos personagens principais é autista. Não tem uma fala durante o livro inteiro, mas tudo gira em torno dele, e com isso ele é um dos principais personagens e desempenha uma função extremamente importante.
E o final? Meu deus... Sem palavras. É difícil colocar em palavras o quanto esse livro é bom, porque é um daqueles que você tem que ler para crer. Então, leia. Sério. Você não vai se decepcionar e vai sair correndo pra comprar o segundo volume da série: Fome.

2 comentários:

  1. Olá!
    Estou louca para ler esse livro. Tinha visto ele em umas indicações no blog 'Uma janela secreta' e já tinha gostado. Mas depois de ler a sua resenha gostei ainda mais. Pode ter certeza que despertou minha vontade. Estarei indo atrás dele logo que for possível.

    Lindo o blog, e sucesso viu!
    Beijos,
    http://bestherapy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Vitor!

    Nossa, eu já tinha vontade de ler esse livro, agora sua resenha me ganhou completamente! O livro parece ser muito bom mesmo, espero ler em breve.

    Beijos,

    Marcelle!
    http://bestherapy.com.br

    ResponderExcluir